Usamos cookies - eles ajudam-nos a fornecer-lhe uma melhor experiência online.
Ao usar o nosso sítio da internet aceita a possibilidade de guardarmos e acedermos a cookies no seu dispositivo.

Ajuda »   Manual »   Psicologia 

Psicologia

Gerir uma equipa de futebol não se resume a treino e táticas, a psicologia também é importante. A sua equipa tem de querer vencer e de se sentir confiante. O estado psicológico da equipa afeta os seus resultados e, reciprocamente, os resultados afetam o estado psicológico.

Espírito de Equipa

Tem grande influência no desempenho dos jogadores o quanto eles gostem do ambiente no clube. O espírito de equipa afeta as suas classificações de meio-campo e, quanto mais alto for o seu espírito de equipa, melhor será o desempenho do seu meio-campo. Por sua vez, determina a posse de bola que a equipa terá. O espírito de equipa pode ser afetado por muitos fatores, em especial pela liderança do treinador, pela atitude da equipa que define para cada jogo, transferências e psicólogo.

Confiança

Os seus jogadores têm de acreditar neles mesmos para terem um bom desempenho. Uma equipa com pouca confiança tem problemas para concretizar as oportunidades de golo. Normalmente, uma confiança elevada é boa para a equipa mas, se ficar demasiado alta, os jogadores podem subestimar equipas adversárias que sejam inferiores à sua (veja abaixo mais informações). A confiança reflete-se nas classificações do ataque. A confiança está muito dependente dos resultados anteriores, mas é sabido que o psicólogo e um treinador com liderança alta também a pode melhorar.

Atitude da Equipa

Antes de cada jogo oficial, pode informar os jogadores da importância que lhe atribui. A atitude da equipa influenciará a posse de bola que conseguira ter. Tem três alternativas:

Jogo da Época: Os jogadores vão "dar o litro" para tentar ganhar este jogo. Contudo, logo após o jogo, o espírito de equipa descerá, pelo que a equipa não estará ao seu melhor nível nos jogos seguintes.

Normal: Os jogadores têm o desempenho normal.

Jogar com Calma: Os jogadores sabem que é para jogar "nas calmas", visto que mais tarde ocorrerão desafios mais importantes. Logo após o jogo, o espírito de equipa aumentará, pelo que o desempenho será melhor nos jogos seguintes.

Personalidade do jogador

Todos os jogadores têm a sua personalidade. Jogadores desonestos ou agressivos tendem a ser admoestados e expulsos mais frequentemente. A liderança é importante para o capitão de equipa e para o treinador.

Eventos psicológicos durante o jogo

Alguns eventos podem afetar o desempenho da equipa durante o jogo para além das instruções dadas pelo treinador. Os eventos psicológicos podem ter um grande impacto num jogo específico, mas não afetam o espírito de equipa ou a confiança em futuros jogos. Uma equipa que atinja uma liderança de dois golos num jogo vai automaticamente começar a perder o ímpeto atacante e a começar a focar-se na defesa. Este efeito irá mais tarde aumentar se a margem de liderança for aumentada: por cada golo de diferença, diminui o ataque em 9% por golo e aumenta a defesa em 7,5%. Cada golo de redução na diferença de golos, reverte o efeito anterior. Existe um limite de 8 golos de diferença, após o qual as classificações da equipa deixarão de se alterar.

Nalgumas situações as equipas são capazes de gerir este efeito psicológico. Se a equipa der a instrução de “Jogo da Época”, não irá recuar, mesmo com uma margem alargada. O mesmo acontece se a equipa estiver a disputar uma final na Taça Nacional (não se aplica às finais das Taças Challenger ou de Consolação), do Campeonato do Mundo, o Hattrick Masters ou a última jornada do campeonato nessa época.

Para além disso, uma equipa que esteja a ter um desempenho mau fora do normal na primeira parte, pode receber um puxão de orelhas do treinador durante o intervalo e voltarem a reencontrar-se, como é suposto, em campo.

Excesso de confiança

No caso de enfrentar uma equipa que ocupa pior posição que a sua e a sua confiança é boa ou melhor, os seus jogadores podem revelar excesso de confiança e subestimar o seu adversário, jogando abaixo da sua capacidade normal. O risco de subestimar o seu adversário depende da diferença de pontos e da posição entre as equipas, do seu nível de confiança e da atitude da equipa para o jogo. Quanto maior for a diferença, quanto maior for o nível, etc., maior será o risco. A única maneira de evitar completamente o excesso de confiança é jogar em "jogo da época".

No caso de subestimar o seu adversário, os pontos de diferença, o nível de confiança, a atitude da equipa e se está a jogar em casa ou fora decidirão quanto é que o está a subestimar. Dependendo do resultado, pode recuperar ao intervalo: recuperação completa se está atrás no marcador, 2/3 em caso de empate e 1/3 se está a ganhar por um.

Note que o excesso de confiança apenas pode acontecer nos jogos do campeonato, mas não nas três primeiras jornadas.

 
 
Server 080